Descubra o tom ideal de ombré hair para os seus cabelos com as dicas de Kátia Freitas

ombre hair katia freitas blowout

Os cabelos coloridos com ombré hair vieram para ficar e todas as mulheres querem aderir ao estilo. Mas com tantos tons e tipos de cabelos diferentes, surge a dúvida: será que eu fico bem com ombré hair? A especialista em coloração Kátia Freitas contou à Toda Teen os segredinhos para o ombré hair perfeito, e você confere as dicas aqui:

Tons ideais

Muita gente acha que existe uma fórmula exata para chegar ao tom ideal das mechas do ombré hair em cada cor de cabelo. Mas não é bem assim! Kátia diz que essa técnica é bem democrática, portanto quem tem o cabelo preto, castanho ou castanho claro pode apostar sem medo.

E qual o segredo para saber o tom ideal das mechas? “O importante é obedecer ao tom da pele e cabelo para não criar um contraste muito forte. No caso, entre o preto e o castanho, as mechas podem chegar aos tons amadeirados, que ficam muito bem”, explica a hair stylist.

Outras cores de cabelo 

Algumas meninas que têm os cabelos em tons de loiro ou avermelhados ficam na dúvida se podem apostar no ombré hair também. E a resposta é: claro que sim! “Quem tem o cabelo aloirado pode apostar entre dois e três tons de abertura das mechas, criando um efeito blond. Já para os avermelhados, o ideal é apenas um tom mais claro”, diz Kátia.

Cuidados

O processo de clarear as mechas no ombré hair precisa de um cuidado especial, independente do tom que você quer chegar. Como o cabelo é, na maioria das vezes, descolorido, a profissional indica algumas técnicas que ajudam os fios a não ficarem detonados: “É sempre bom indicar uma reconstrução, que acaba sendo um tratamento mais completo”, diz. Quando as mechas são descoloridas, a hidratação não recupera o cabelo por completo, por isso é indicado um tratamento mais profundo!

Matéria original publicada no site Toda Teen 

Sua coloração deu errado? Veja as dicas de Kátia Freitas para consertar o estrago

pintando cabelos

Cansou do visual, não vê a hora de colorir os cabelos, mas o dinheiro ou o tempo estão curtos para procurar um salão? Essa é uma situação comum e que leva algumas mulheres a optarem por fazer a transformação de forma caseira. “Para o cabelo ficar cabelo bonito, certifique-se de tudo antes, porque em casa você não tem um profissional e precisa tomar cuidado”, aconselha a especialista em coloração Kátia Freitas, aqui do Blowout. De acordo com ela, é necessário comprar a quantidade certa de coloração para o comprimento dos seus cabelos e, na dúvida, optar sempre pelo excesso do que pela falta. A profissional frisa ainda que é importante ter uma máscara ou outro produto de hidratação às mãos para repor a água das madeixas e deixá-las mais saudáveis e com aspecto bem cuidado depois do tingimento.

Se você não seguiu esses conselhos antes do procedimento, pode ter passado por alguns problemas que afetam o resultado final. A gente tenta te ajudar a resolver os mais comuns:

Tingiu, mas o cabelo ficou mais claro

Se o cabelo ficou mais claro do que você esperava, o erro não é tão preocupante quanto parece, afinal, é mais fácil escurecer do que clarear. “Esse caso é mais fácil. Você vai comprar o mesmo produto e tom, mas com uma volumagem diferente da água oxigenada”, indica Kátia.

A cor ficou escura demais

“Infelizmente, nesse caso não tem muito o que fazer, é necessário aguardar o desbotamento”, diz Kátia. Para acelerar o processo, ela indica o uso de um xampu de limpeza, mas só se os fios estiverem fortes e bem hidratados, caso contrário podem ressecar ainda mais. Você pode ainda ir ao salão fazer uma decapagem, que retira a coloração dos fios. Mas saiba que o procedimento deixa os cabelos detonados.

O cabelo ficou manchado

Você coloriu os fios e tudo parecia perfeito, até bater a luz e notar falhas na cor? Não se desespere, tem solução. “Nesse caso você terá que retocar as partes onde o tom não pegou, e deixar agir normalmente”, indica Kátia. Ela diz que o melhor a fazer é aplicar o produto onde não pegou e, entre 10 e 5 minutos antes de retirá-lo, emulsionar todo o cabelo. “Você mistura a sobra da tinta com um pouco de água, deixando um pouco mais líquido para poder espalhar”, complementa.

Matéria original publicada no site Daqui Dali